domingo, 13 de dezembro de 2009

Poesias de Natal

Vem aí o Natal!

O Natal está a chegar
Já sei o que vou fazer:
Um desenho bem bonito
E ao papá oferecer…

Um colar todo em massinhas
Ficará bem à mamã
Um boneco em plasticina
Eu darei à minha irmã.

Depois irei acabar
A prenda do meu irmão,
Um barco feito de noz
Com a vela em papelão!

O Natal está a chegar…
Vou ter cá um trabalhão
Ainda por cima não sei
O que vou dar ao meu cão!


É Natal!

Todos dizem:
-O cheirinho está no ar!
Vamos todos p´ra cozinha
A nossa mãe ajudar.

Rabanadas, bolo-rei,
Arroz doce, aletria,
Ai que cheirinho a canela!
Que saudades eu já tinha
De provar o gosto dela…·

À noite
Já à noitinha
Numa festa sem igual…
Tocam à campainha…
É ele, o Pai Natal!



A Estrelinha Curiosa

Desceu do céu uma estrela
Veio pousar no meu telhado
Entrou pela chaminé
E foi cair mesmo ao pé
Do presépio ia armado.
Assustou-se São José
Sobressaltou-se Maria
Que tapou com uma fralda
O berço do pequenino
Não fosse uma luz tão forte
Acordar o Deus menino.
Foi então que São José
Num gesto bem natural
Sacudiu a estrelinha
Que ficou presa nos ramos
Da arvore de natal.
E ali ficou contente
Sobre o pinheiro a brilhar
Distraída e encantada
Nem viu o tempo a passar.
Mas o relógio lá da sala
No seu forte badalar
Despertou a estrelinha:
- Ah! Já estou atrasada!
Minha mãe vai-me ralhar.
E um pouco contrariada
Foi para o céu descansar!


Uma Estrela Brilhante

Uma estrela no céu distante
Veio ao meu quintal
Visitar o pinheirinho
Que enfeitei para o Natal.
Ela quis cá ficar
Sempre, sempre a brilhar.

O Nascimento de Jesus


Nasceu o menino Jesus
Há muito tempo em Belém
Numa pequena gruta
Com José, Maria e mais ninguém.
Apenas dois jumentos
Se juntaram à alegria
Aqueciam o Deus Menino
Dentro daquela gruta fria.
Foi então que no céu
Uma estrela brilhou
E por cima daquela gruta
A pequena luzinha pousou.
Os anjos foram avisar
Todos os pastores da serra
Que vieram com alegria
Visitar o salvador da terra.
Cada um por sua vez
O menino, eles olharam
E com grande emoção
O seu nascimento louvaram.
A estrelinha lá brilhou
Dando bastante luz
Ajudava os três reis magos
A encontrar Jesus.
Dentro da pequena gruta
Os magos viram ao fundo
Entre palhinhas deitado
O salvador do mundo.
Ouro, incenso e mirra
Quiseram eles oferecer
Àquele grande rei
Que acabara de nascer.
E assim todos adoraram
Aquele menino sagrado
Sorrindo apesar de tudo
Naquelas palhinhas deitado.
Então neste natal
Por este mundo fora
Vamos adorar o menino
Que tanto nos adora!!!
Aleluia! Nasceu o Salvador!!!

1 comentário:

Escolinha a Brincar disse...

Um ano novo muito feliz e cheio de sucessos . Bjs Teresa